Conservadorismo

09/01/2012

Toda a verdade é conservadora, tanto a verdade loca, quanto a verdade careta. Mas essa não é também uma proposição de verdade? Uma remissão ao infinito? Um regresso? Um retorno? Eterno retorno? Não há resposta possível. Toda resposta é parcial, inclusive esta. A pergunta é pela causa. Por que? Por que essa alegria? Por que esse sofrimento? Por que esse repouso? Por que essa tensão? Por que essa indiferença? Por que essa paixão? E todas as respostas são parciais: valem e não valem; bastam e não bastam. A causa do desejo é uma virtude e um vício (um arranjo de virtudes e vícios), e mesmo isso é parcial.

“Amor é aquilo que faz o gozo condescender ao desejo.” O desejo tem sempre qualquer coisa de fetichismo, de parcialidade, de vício: sua condição sine qua non. Mas amor e desejo são cúmplices na trama que envia o gozo. Fica difícil pensar em temporalidade; em “causa e efeito”. Qual a ordem, se há alguma, na relação entre a condição, o desejo e o amor? Parece que eles se dão no instante. Não há causa e efeito. Há somente o acontecimento. No encontro com a condição do desejo, o gozo aceita condicionar-se, e isso chamamos amor. Então amor é efeito? Mas pode haver efeito sem causa? Vale a pergunta por essa causa? Vale a pergunta por essa razão? Talvez valha, desde que se saiba que a resposta sempre será insuficiente e ambígua. A razão suficiente revela a insuficiência da resposta, que sempre remeterá a um além, a um super, a um sobredeterminado.

Arriscar uma resposta definitiva vale pelo risco, que implica não saber.

Propor uma verdade incerta: o que não é conservador é ambíguo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: